Canoagem Onda

23/06/2018
Campeonato Brasileiro de Canoagem Onda é realizado com sucesso em Ilha Comprida.
Mal tempo não desanimou atletas que enfrentaram grandes ondas em busca do pódio.
No final de semana passado a cidade do litoral paulista Ilha Comprida recebeu atletas de todo o Brasil para a realização. O evento aconteceu entre os dias 15 e 17, e pela primeira vez foi realizado dentro de uma janela de três dias, o que garantiu que as disputas ocorressem com as melhores condições possíveis.
O Campeonato foi disputado nas categorias Iniciante, para atletas que estavam nos dois primeiros anos de competição; Open; Sênior para atletas com até 39 anos de idade; Master, entre 40 e 49 anos e Gran Master para os atletas com mais de 50 anos.
Sexta-feira (15) estava programada para ser o primeiro dia de provas, mas o clima não cooperou e a previsão de ressaca impossibilitou que os atletas entrassem no mar. O sistema adotado pela organização do evento, no qual a competição tinha  uma janela de três dias para ser realizado, já antecipava esse contratempo e não representou problema nenhum. No sábado (16) o evento teve seu início decretado e as disputas pelo melhor lugar  no ranking da modalidade começou. O formato de disputa do Campeonato é o mesmo das competições de surf, onde até cinco atletas participam de baterias de 15 a 25 minutos e somam-se as duas melhores ondas de cada competidor. O atleta com a melhor smoatória é o vencedor.
As disputas de Waveski tiveram provas em todas as categorias e foi a modalidade com o maior número de atletas participantes. Marcelo Cunha foi o campeão da categoria Open, Taffarel Soares foi o vencedor nas categorias Inciante e Sênior, na categoria Master o vencedor foi Mauricio Marcos de Souza e Rogério Cruz foi o campeão da categoria Gran Master.
No Shark Paddle, única modalidade de criação brasileira, as disputas que aconteceram foram apenas nas categorias Open e Iniciante. Vitor Sudbrack e Rodrigo Borges foram os campeões, respectivamente.
O Kayak Surf foi a única modalidade que não teve disputas na categoria Iniciante. Bruno Guazzeli Filho foi o vencedor na categoria Open e na Master e Fernando Reus lapolli ficou com o ouro na categoria Sênior.
O evento ainda estava programado para ter provas de PowerCanoagem (Canoagem Onda adaptada), mas devido ao mal tempo muitos atletas não participaram. O único atleta que compareceu foi Felipe Kizu, bicampeão mundial de surf adaptado. Ele competiu no Waveski e ficou em 7º lugar na categoria Open e em 3º na Sênior.
O campeonato Brasileiro de Canoagem Onda é organizado pela Associação Paulista de Waveski Surf – APWS, Prefeitura Municipal de Ilha Comprida com supervisão da Confederação Brasileira de Canoagem – CBCa e apoio de Diamond, Impulso, Viking Waveski”, Xski, New Impact, Solamanzi, Kayaksurf.net e Santo Drop.
Fonte: Jornal do Oeste 21/06/2018