Construção irregular na Ilha

25/06/2018.
Polícia Ambiental flagra construção ilegal e multa dono pela 2ª vez em Ilha Comprida. 
Nova fiscalização identificou continuidade de obra em área de manguezal, no bairro Pedrinhas. Proprietário foi multado em R$ 20 mil.
proprietário de uma construção irregular em área de proteção ambiental de Ilha Comprida, no litoral de São Paulo, voltou a ser multado após dar continuidade a uma obra embargada. A ação aconteceu após uma fiscalização feita por equipes da Polícia Militar Ambiental, que constataram o descumprimento da decisão.
No início de maio, imagens aéreas já haviam constatado que um terreno, localizado na Rua Teotônio Silvano Lisboa,no bairro Pedrinhas, estava sendo ocupado. Na época, foi identificada a terraplanagem, a construção de rampas e garagens náuticas, além de um píer. A obra foi embargada e o proprietário multado em R$ 32 mil. A propriedade erguida faz fundos para o Estuário Lagunar do Mar Pequeno, área de manguezal.
No início da noite da última terça-feira (19), equipes da Policia Ambiental e da Secretaria de Meio Ambiente do Estado de São Paulo realizaram uma operação no mesmo local. Nesta semana, foi constatado desrespeito ao embargo administrativo e impedimento de regeneração nativa do espaço.
Imagens atuais, comparadas as do início do mês anterior, mostram que o solo foi concretado, de forma a ser feita uma rampa náutica, que ocupa uma área de 0,0091 hectares. Além disso, um muro e um barracão também tiveram construção finalizada.
Outros dois autos de infrações foram lavrados, e proprietário foi novamente advertido e multado em R$ 20 mil, já que as irregularidades foram constatadas dentro de área de proteção ambiental.
Rampa concretada tem finalidade náutica em construção em Ilha Comprida, SP (Foto: Divulgação/PMA)
Construção ao fundo de rampa não estava erguida na primeira fiscalização, em maio (Foto: Divulgação/PMA)
Muro ao redor de píer não tinha autorização para ser erguido, em Ilha Comprida, SP (Foto: Divulgação/PMA)

 

Fonte: G1 Santos, em 23/06/2018