Ocupação irregular

02/08/2018
Em operação conjunta, Município, Polícia Ambiental e Fundação Florestal inibem ocupação irregular no Boqueirão Sul.
 Ilha Comprida- Dois embargos , identificação de seis áreas com desmatamentos e possíveis invasões foram os resultados da  operação conjunta realizada na quinta 19/07, no Boqueirão Sul, pela Divisão de Fiscalização do município da Ilha Comprida, Polícia Ambiental e Fundação Florestal.  Localizadas no Balneário Céu Azul, Trincheira  e Cananeia Park , as áreas mapeadas serão identificadas pelo município para a notificação de seus proprietários e a  sequência das medidas judiciais, autuações e multas por crime ambiental ou ocupação irregular.
O diretor de Fiscalização da Prefeitura da Ilha , Sérgio Morato, afirmou que a operação conjunta representa a intensificação do controle sobre as ocupações irregulares no Boqueirão Sul: “A união de informações das diferentes esferas de fiscalização é muito importante para que possamos ter a maior eficácia possível no combate às ocupações irregulares. Em campo, cada órgão atua conforme sua esfera de competência . Juntos, somos mais rápidos na identificação e nas autuações das irregularidades”.
A ação no Boqueirão Sul contou com os cabos Neto e Araújo, da Polícia Ambiental;  dos guarda-parques Edson Benedito Nunes, Vanderlei da Silva Monteiro e do técnico da Fundação Florestal, Carlos Roberto de Souza Júnior, além do diretor da Divisão de Fiscalização da Prefeitura, Sérgio Morato, e do técnico  Milton César Pires. “Unir as informações é muito importante para a fiscalização “, reiterou o cabo Neto, da Polícia Ambiental.
ANTES DE CONSTRUIR, PROCURE INFORMAÇÕES NA PREFEITURA –
Sérgio Morato  destacou  a importância das pessoas obterem informações precisas  sobre suas propriedades antes de construir ou ampliar seus imóveis.  Segundo ele, o Departamento de Planejamento e Desenvolvimento Urbano (DPDU)  disponibiliza todas as informações necessárias para quem quer comprar, construir , reformar ou ampliar suas propriedades, assim como  esclarece as regras e os trâmites legais na área .
Todas as edificações na Ilha precisam obedecer ao Código de Obras do município, bem como  atender as legislações ambientais vigentes, uma vez que todo o território da Ilha está localizado em  Área de Proteção Ambiental (APA).
Fonte: Município de Ilha Comprida- Assessoria de imprensa – 01/08/2018